Instituto Gustav Ritter


4 de dezembro de 2019

O Balé Musical Alice no País das Maravilhas é inspirado na obra infantil mais conhecida de Charles Lutwidge Dodgson, publicada a 4 de julho de 1865 sob o pseudônimo de Lewis Carroll. O Espetáculo conta a história de uma menina chamada Alice que cai numa toca de coelho que a transporta para um lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e fantasiosas: Porta e flores falantes, uma lagarta conselheira, irmãos gêmeos controversos, um gato misterioso, um pássaro descompensado, um gato misterioso, um chapeleiro e uma lebre, malucos.
Tais personagens, revelam uma lógica do absurdo, característica marcante nos nossos sonhos e imaginário humano e instigam Alice a  pensar a respeito de sua existência e complexidades. Porém,  sob a interferência da Rainha de Copas, a qual submete todos os seres a seus caprichos, Alice é colocada a prova e em julgamento por desacatá-la. O que Alice descobre é que, sua missão vai além da sua visita ao fantástico lugar, através da Rainha Branca ela descobre seu real motivo de estar no fantástico pais das maravilhas.

Alice no País das Maravilhas é uma realização que conta,  como em outros espetáculos da área de Dança, com a visão criativa e empreendedora, que é parte de  sua  produção e entre outros envolvimentos, conta com o apoio dos pais e responsáveis por nossos alunos, desde o primeiro musical Infantil, profissionais capazes e que se empenham em nos conduzir a  caminhos para idealização de nossas histórias, contribuem para o encantamento da  plateia e a perspectiva dos pais sobre a formação artística, técnica e profissional que seus filhos recebem no Instituto…
Mais uma vez o conjunto cenografia, iluminação, sonoplastia, figurino, adereços, identidade visual,  fotografia e filmagem, sob direção geral e artística de Simone Malta  e  Direção cênica e de  texto dramático de Ronei Maciel, entre outros profissionais, são um presente de encerramento do período letivo com 3 grandes festas.
Compartilhe nas redes sociais